Marca de água do Caramulo chega ao fim

O Super Bock Group vai encerrar o centro de produção do Caramulo, em Varzielas, devido à quebra significativa de volumes ao longo dos anos e a baixa procura pela marca tanto em Portugal como nos mercados externos. Como consequência do fim da operação da unidade, a marca de água do Caramulo será descontinuada.

Em comunicado, o grupo adianta que a fábrica cessará actividade já no próximo mês de Fevereiro e que na origem da quebra dos resultados da marca estará o facto de o mercado das águas lisas ser “altamente comoditizado e competitivo em marcas próprias e de distribuição”. Nesta década, registou-se um recuo na ordem dos 50% nos volumes de Caramulo, levando a produção a baixar para cerca de um terço da capacidade total da unidade.

O Super Bock Group já informou os 26 colaboradores do centro de produção e garante que será concedida a todos a possibilidade de transferência para uma outra unidade do grupo.

Quanto às restantes águas engarrafadas, o grupo assegura que não serão afectadas por esta decisão. O portefólio de produtos continuará a contar com Água das Pedras, Vitalis, Melgaço e Vidago.

“Este processo não representa qualquer alteração na estratégia de negócio do grupo. As águas engarrafadas continuam a ser um negócio prioritário, com as necessidades do mercado a ficarem asseguradas pela restante estrutura industrial da empresa”, indica o Super Bock Group, acrescentando que as águas lisas passarão a ser asseguradas exclusivamente pela capacidade instalada nas unidades de Envendos e Castelo de Vide.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio