Lucros da Media Capital caem 40% nos primeiros nove meses

Entre Janeiro e Setembro, a Media Capital registou um resultado líquido de 5,45 milhões de euros, o que representa uma quebra de 40% em relação aos 9,13 milhões de euros arrecadados em igual período do ano passado.

Na origem dos resultados esteve a quebra das receitas, que recuaram 21% para 132,13 milhões de euros. As receitas de publicidade diminuíram 19% para 80,46 milhões de euros, penalizadas sobretudo pelo segmento Televisão, no qual a publicidade caiu 22%. Já o negócio de Rádio sofreu uma quebra de 6%, enquanto o segmento Digital e Outros ficou 12% abaixo do ano transacto, de acordo com um comunicado enviado pelo grupo à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Relativamente à situação do mercado de publicidade, estima-se uma queda global próxima de 18% até Maio (valores de Junho ainda por apurar)”, adianta o grupo no documento.

No que concerne apenas ao terceiro trimestre do ano, a dona da TVI obteve um resultado líquido de 1,4 milhões de euros, que compara com o prejuízo de 633 mil euros observado no período homólogo.

O EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) da Media Capital recuou 13% nos primeiros nove meses para 23,6 milhões de euros, embora a margem tenha melhorado 1,6 pontos percentuais (pp) para 17,9%, “mercê de uma forte redução dos custos operacionais”, na ordem dos 23%, ressalva o grupo. Já no terceiro trimestre, o EBITDA subiu 45% em termos homólogos para 7,1 milhões de euros, com a margem a melhorar 7,2 pp para 17,1%.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Já conhece os novos sinais de trânsito?