«Live events ajudam a tirar as pessoas do sofá»

Muitos foram os aspectos que mudaram na vida dos CMO globais desde há dez anos, nomeadamente no que respeita à componente de engagement com os consumidores devido à complexidade dos pontos de contacto com os mesmos. Mas há também o que nunca muda, lembrou esta tarde Mike Quigley, CMO da Niantic, Inc, durante a conferência “A day in the life of a global CMO” que decorreu no Web Summit, em Lisboa. «As boas marcas continuam focadas nos consumidores. Tem de se conhecer bem o consumidor se queremos ter o produto certo para lhe fazer chegar», garantiu. E foi com base nesta premissa que a Niantic, Inc estudou a fundo consumidores de algumas partes do mundo em interacção com o Pokémon Go antes de o tornar global.

O mesmo profissional lembrou que as marcas têm de aprender a viver com aquilo que faz parte da vida dos consumidores. «Hoje, os live events são uma realidade que ajuda a tirar as pessoas do sofá. Mesmo que estejam em múltiplos écrans, estão todos juntos na mesma sala ou em um outro espaço.»

Mike Quigley acredita que são vários os factores que ditam o sucesso do Pokémon Go. Antes de mais, é uma grande marca de culto com uma grande ideia e, depois, tem uma componente tecnológica que se diferencia. A ajudar esteve o facto de ter sido lançado no Verão na Europa, altura em que tanto pais como filhos têm mais tempo livre e para passar uns com os outros em passeios. «Não sabíamos que as pessoas iam sair em grupos para caçar, mas foi um fenómeno muito interessante de assistir», confessa. A verdade, sublinha, é que pais, crianças e adolescentes estavam juntos a partilhar a experiência. E esta é também uma nova realidade para as marcas.

O fenómeno foi tal e apanhou a empresa de tal forma de surpresa que ao fim de 24 horas do seu lançamento «percebemos que não íamos precisar de publicidade à qual havia um budget adjudicado», diz lembrando que beneficiaram também do facto de a imprensa adorar escrever sobre Pokémon.

Desde o lançamento têm sido muitas as funcionalidades ou inovações que a marca tem introduzido no jogo. E, para determinar aquelas que avançam e aquelas que não passam de hipóteses, a Niantic dedica-se à análise de muito data, uma componente utilizada também para aferir o sucesso ou insucesso dessas novas funcionalidades.

Aliás, garantiu, não é por acaso que nos últimos quatro dias a zona do Parque das Nações tem registado um grande aumento do número e variedade de Pokémons…

Texto de Maria João Lima

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Conheça o programa completo da XVIII Conferência Human Resources
Automonitor
Já pode encomendar o novo Opel Grandland X Hybrid4