Iniciativa #PinheiroBombeiro alargada a todo o País

A segunda edição da iniciativa #PinheiroBombeiro, desenvolvida pela startup Rnters, não se limita a Lisboa como a primeira. Este ano, os portugueses de Norte a Sul de Portugal vão poder alugar um pinheiro de Natal e contribuir para a manutenção das condições de trabalho dos bombeiros.

Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Faro são as novas cidades a contar com pontos de recolha de árvores de Natal solidárias. Para alugar um destes pinheiros é necessário visitar o site #PinheiroBombeiro e escolher o valor desejado (17,5 ou 25 euros, consoante o montante que se quiser doar à causa). Depois, é só ir buscar a árvore, sendo que em Lisboa passam a existir dois pontos de recolha: o Hub Criativo do Beato e o Vodafone Power Lab.

Tal como no ano passado, além do carácter solidário, a iniciativa conta com uma componente sustentável: os pinheiros devolvidos após o Natal serão transformados em biomassa, um recurso renovável de geração de energia.

Além de tornar o projecto de âmbito nacional, a Rnters decidiu introduzir outra novidade nesta segunda edição: vai ser possível também alugar enfeites de Natal, todos eles produzidos a partir de madeira sustentável ou cortiça.

No ano passado, foram angariados mais de 17 mil euros, o suficiente para equipar todos os quartéis de bombeiros do distrito de Leiria com máscaras de combate aos incêndios. Ao todo, foram alugados perto de 1500 pinheiros.

Taxify junta-se ao #PinheiroBombeiro

Quem não quiser ir buscar o #PinheiroBombeiro, também pode optar pela entrega ao domicílio, desta feita somente em Lisboa. A Taxify juntou-se à causa para proporcionar entregas gratuitas de árvores de Natal.

Entre amanhã, dia 30, e domingo, 2 de Dezembro, os utilizadores da Taxify vão encontrar uma categoria especial na aplicação, que permite alugar um pinheiro e recebê-lo em casa. A devolução, por seu turno, ficará a cargo de quem alugou.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?