Green Project Awards aposta nos recursos naturais em 5ª edição

projectFoi apresentada a 5ª edição do Green Project Awards (GPA) Portugal, uma iniciativa que visa a divulgação das melhores iniciativas das empresas, instituições e dos cidadãos. Em destaque este ano estará a inovação, o empreendedorismo, o enfoque nos recursos naturais, na agricultura, mar e turismo, e o apelo à participação de um público mais jovem.

O GPA 2012, promovido pela consultora de comunicação GCI e organizado em parceria com a associação ambientalista Quercus e a Agência Portuguesa do Ambiente, premiará a inovação com quatro novas categorias, numa reestruturação que, quatro anos após o lançamento da primeira edição, procura incentivar a criação de riqueza, desenvolver a economia, promover o emprego e o empreendedorismo, bem como a preservação de recursos e a eficiência energética.

Entre as novas distinções encontra-se a categoria de Gestão, que premiará os projectos em que uma gestão inovadora foi factor fundamental para atingir uma utilização eficaz dos recursos naturais e energéticos. Na nova categoria Agricultura, Mar e Turismo serão distinguidas as iniciativas que contribuam para a preservação e promoção de uma eficiente utilização dos recursos naturais e que permitam a dinamização do interior em desertificação, as actividades ligadas ao mar e projectos de turismo sustentável.

Com o intuito de chegar a um público mais jovem, o GPA apresentou a categoria Rock in Rio Atitude Sustentável GPA, fruto de uma parceria com o Rock in Rio, que pretende incentivar toda a sociedade civil para a adopção de comportamentos sustentáveis. Information Technology é outra das novas áreas, que tem por objectivo demonstrar como a tecnologia pode contribuir de forma relevante para a optimização na utilização dos recursos.

A SIC Notícias, televisão oficial das últimas quatro edições do Green Project Awards, será o patrocinador da categoria Campanha de Mobilização, que procura motivar a sociedade civil para a adopção de práticas e comportamentos sustentáveis.

Um prémio para a melhor obra original da área do ambiente é outra das novidades desta edição. A atribuição da distinção ficará a cargo da Sociedade Ponto Verde, em conjunto com a editora Princípia, e destina-se à publicação de ensaios académicos nas vertentes de Educação Ambiental e de Investigação Aplicada, com o objetivo de divulgar práticas e procedimentos favoráveis a políticas e comportamentos ambientalmente sustentáveis e responsáveis.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo