Gravar uma curta de terror é o desafio lançado pela Yorn

O novo desafio da Yorn é para quem não consegue largar o telemóvel: já que passamos tanto tempo com o telemóvel na mão, que tal aproveitar para gravar uma curta-metragem? Em parceria com o Motelx, a marca está a lançar mais uma edição do Yorn microCURTAS

As candidaturas terminam no próximo dia 31, pelo que restam apenas cerca de duas semanas para pensar numa história de terror e contá-la em apenas dois minutos. O filme pode ser filmado com recurso a smartphone ou tablet e deve ser publicado no Facebook do Motelx, sendo sujeito a aprovação.

Os trabalhos seleccionados vão a votos e o resultado da participação do público será conhecido durante o festival, marcado para entre 4 e 9 de Setembro, no Cinema São Jorge em Lisboa. «Sabemos que nem todos têm a possibilidade de ter uma câmara profissional para filmar uma curta-metragem, mas que todos temos sempre à mão um smartphone ou um tablet. Esperamos grandes surpresas com este passatempo», comenta Pedro Souto, da organização do Motelx.

Leonor Dias, directora de Marca da Vodafone, acrescenta que a operadora tem uma ligação natural ao cinema e que esta é forma de entretenimento privilegiada pelos jovens, o target da Yorn. «Foi neste sentido, e porque acreditamos numa geração com muito talento, que nos voltámos a juntar ao Motelx e a desafiar a criatividade dos portugueses através da utilização de um produto que também é muito nosso, como os smartphones», acrescenta, em comunicado.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva