Governo indonésio quer banir emojis LGBT

Os emojis que representem casais homossexuais ou qualquer situação associada à comunidade LGBT poderão estar prestes a desaparecer da Indonésia. O governo do país vai pedir a redes sociais como o Facebook e o WhatsApp para removerem estes emojis, de modo a respeitar a cultura local. Esta semana, a McDonald’s e o futebolista Neymar também foram notícia por motivos semelhantes.

De acordo com o site indonésio Detik, citado pela revista Time, o responsável de relações públicas do ministério das Comunicações, Informação e Tecnologia da Indonésia explicou que as aplicações devem respeitar a cultura e as normas do país em que operam. Segundo a mesma publicação, o pedido surge dias depois da app Line ter retirado todos os stickers LGBT da sua loja online a propósito das críticas que estava a receber por parte dos utilizadores.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo