Google é a marca mais empática em Portugal

A Google não é só uma das maiores empresas do mundo. É também aquela com que os portugueses sentem mais empatia. Pelo segundo ano consecutivo, o estudo “Who Cares”, elaborado pela comOn em parceria com a Netquest, dá à Google a coroa de marca mais empática no mercado nacional.

YouTube, Facebook, Samsung e Nestlé são as insígnias que se seguem. A primeira marca portuguesa surge apenas mais abaixo, na sexta posição. O Continente é a insígnia mais empática e, ainda, aquela que os portugueses espontaneamente mais associam à palavra empatia. O top 3 da recordação espontânea conta ainda com o Pingo Doce e Nestlé.

No geral, os níveis de empatia são superiores aos verificados em 2017, sendo que a comOn justifica esta evolução com a consolidação económica. Mais de 33% do universo das marcas analisadas está acima do ponto médio da escala.

Por categorias, a Samsung é a mais empática em Tecnologia e a Vodafone em Telecomunicações. Santander Totta e Nestlé ocupam os primeiros lugares em Banca e Alimentação, respectivamente. Tecnologia é a categoria mais empática no geral, ultrapassando o Retalho, que era líder no ano passado.

Para lá dos rankings, o estudo “Who Cares” oferece também algumas pistas sobre a relação dos consumidores com o mercado: se as marcas fossem pessoas, os portugueses apenas escolheriam 20% delas para serem suas amigas. Google e Olá são as grandes vencedoras neste cenário hipotético.

Mais de mil pessoas participaram na edição deste ano do estudo, tendo sido consideradas 60 marcas de 10 categorias. O objectivo, uma vez mais, era perceber quais as marcas que entendem e resolvem as necessidades reais dos consumidores, ou seja, que são mais empáticas.

«Mais que um mero diagnóstico do tema, este estudo pretende ser o catalisador para uma reflexão mais profunda sobre a relevância da empatia quando aplicada à inovação, à comunicação e ao marketing. Decidimos partilhar o estudo gratuitamente com o mercado na esperança de que em conjunto consigamos elevar a qualidade e utilidade do marketing em Portugal», afirma Filipe Macedo, Chief Marketing Officer da comOn. Todas as conclusões do estudo podem ser encontradas numa plataforma online com o mesmo nome – “Who Cares”.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista