Feira do Livro de Lisboa vai ter fraldário e zona para animais

Todos os anos, a Feira do Livro de Lisboa altera alguns aspectos do recinto que ocupa, tendo em vista uma melhor experiência para todos os que visitam o evento. Este ano não é excepção e as novidades incluem um fraldário, zona para animais, uma área de exposição dedicada à Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) e novos espaços de restauração.

A 87.ª edição da Feira do Livro de Lisboa arranca a 1 de Junho com uma programação dedicada aos mais novos, por ocasião do Dia Mundial da Criança. O evento prolonga-se, depois, até dia 18 do mesmo mês, no Parque Eduardo VII, reunindo um número recorde de pavilhões: 286.

O aumento do número de participantes, num total de 122, e as novas zonas obrigou a subir meio talhão do Parque, oferecendo um recinto maior aos visitantes. O fraldário poderá ser encontrado na entrada sul da Feira do Livro de Lisboa, bem como o Refrescão. Este último será dedicado aos animais de quatro patas que acompanhem os donos pelo evento, dispondo de um espaço para descansar e beber água.

A programação deste ano vai manter a Hora H, período de tempo entre as 22h e as 23h que oferecer descontos mínimos de 50% nos pavilhões aderentes. A iniciativa tem início a 5 de Junho e realiza-se de segunda a quinta-feira.

As Bibliotecas de Lisboa também voltam a marcar presença, com um espaço alusivo à Biblioteca Palácio das Galveias, bem como um conjunto de editores estrangeiros (alemães, franceses e italianos). Na Praça Azul, vão acontecer lançamentos de livros e debates, promovidos pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, parceira do evento.

Haverá ainda outros lançamentos, sessões de autógrafos, noites de cinema (promovidas pela Cinemateca Portuguesa) e o II Encontro Literário “Nós e os Livros” (dia 11 de Junho). Também repetente na programação é a iniciativa “Dê Nova Vida ao Livro”, que convida os visitantes a doar obras literárias que já não queiram. Este ano, porém, também será possível entregar livros para reciclar.

Em termos de serviços a ter em atenção, destaque para a aplicação móvel gratuita, disponível para Android e iOS, Wi-Fi gratuito nas principais praças do recinto e ainda para a disponibilização de duas caixas Multibanco da Caixa Geral de Depósitos.

Destaque ainda para a aposta crescente da organização, a cargo da APEL, na oferta gastronómica da Feira do Livro de Lisboa. Farturas, pipocas, bifanas, cozinha vegetariana, italiana e americana e ainda tapas fazem parte das propostas disponíveis. Ao todo, são mais de 40 os espaços de restauração no recinto.

Ainda no campo da gastronomia, a feira vai acolher a iniciativa Portugal Cookbook Fair, organizada pela Brandscape em parceria com a APEL. O objectivo é promover livros sobre esta temática, assim como os seus protagonistas, sendo que as principais actividades estão marcadas para entre os dias 1 e 4 de Junho.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)