Exportações de alimentos e bebidas batem recorde

As exportações da indústria alimentar e de bebidas ultrapassaram os cinco mil milhões de euros em 2018, o valor mais alto de sempre registado em Portugal. Face a 2017, trata-se de uma subida de 151 milhões de euros, ou seja, mais 3,1% em termos homólogos.

Os dados são apontados pela Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares (FIPA), segundo a qual recorde batido revela a crescente atracção pelos produtos nacionais. Espanha ocupa, uma vez mais, o posto de maior comprador de Portugal no que respeita alimentos e bebidas: foi responsável por cerca de 25% do total exportado no ano passado. França (9%) e Brasil (6%) são os países que se seguem.

Quanto às categorias de produtos mais relevantes, o azeite surge em primeiro, seguido pelo leite/produtos lácteos e vinho. No total, as vendas ao exterior do sector alimentar e bebidas representaram, em 2018, 8,66% das exportações portuguesas.

Olhando para evolução entre 2010 e 2018, verifica-se que as exportações do sector aumentaram 56%, ao passo que as importações subiram 32%. A FIPA aponta para um “ligeiro equilíbrio da balança comercial”.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão