Edpcooljazz reforça sustentabilidade

A aproximar-se mais uma edição do Edpcooljazz, a marca de energia volta a demonstrar preocupação na preservação ambiental da zona do festival, através da redução do impacto ambiental, apostando nos transportes alternativos e no projecto de compensação da EDP.

Desde que é naming sponsor do festival, a EDP tem vindo a compensar, na totalidade, a pegada de carbono do Edpcooljazz, com o apoio da e)mission. Na última edição, a compensação de CO₂ equivaleu a 398 toneladas, incluindo também as viagens dos artistas e alojamentos dos mesmos. A compensação de CO₂ equivaleu a 398 toneladas, que incluem não só a operação do festival, como as viagens dos artistas e alojamentos dos mesmos.

O projecto de compensação de CO₂ consistia em compensar as emissões de gases com efeito de estufa com créditos de carbono do projecto “Argibem”, no Brasil. Este ano, a compensação de CO₂ reverterá para um projecto de gestão florestal: carbono sequestrado em solo florestal e biomassa através de área florestal (plantações de carvalho negral).

Para as deslocações para o festival, o Edpcooljazz realizou uma parceria com a MobiCascais e CP, a fim de promover os transportes públicos e diminuir o número de viaturas em circulação.

No recinto, medidas como o EcoCopo, Strawfree e o Movimento Zero Desperdício visam contribuir para o consumo consciente face ao desperdício da utilização do plástico e comida.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estas 85 empresas procuram mais de 2500 novos talentos
Automonitor
Já conhece o “novo ingrediente” de Gordon Ramsey?