EDP é a marca portuguesa mais valiosa em 2022. Continente é a que mais cresce

A EDP é a marca portuguesa mais valiosa em 2022, registando um valor financeiro de 2,8 mil milhões de euros. Já o Continente é a insígnia que demonstra o maior crescimento de valor (+46,7%).

As conclusões são do estudo “Marcas Portuguesas Mais Valiosas 2022”, elaborado pela OnStrategy, cujo cálculo é desenvolvido através da metodologia de Royalty Relief – um processo que se divide entre a determinação de estimativas de vendas e prestação de serviços, a determinação do índice de força de marca (relação emocional e comportamental, reputação, experiência, presença e actividade no mercado, força da equipa de colaboradores e saúde financeira), a determinação da taxa de royalty, a determinação da taxa de desconto e a determinação do valor económico da marca.

Assim, as 25 marcas nacionais mais valiosas são:

  1. EDP: 2,8 mil milhões de euros (+0,9%)
  2. Galp Energia: 1,7 mil milhões de euros (+9,0%)
  3. Jerónimo Martins: 1,01 mil milhões de euros  (+11,6%)
  4. Pingo Doce: 816 milhões de euros (+6,7%)
  5. Continente: 663 milhões de euros (+46,7%)
  6. MEO: 642 milhões de euros (+1,4%)
  7. Millennium bcp: 637 milhões de euros (-2,3%)
  8. CGD – Caixa Geral Depósitos: 619 milhões de euros (-2,7%)
  9. EDP Renováveis: 615 milhões de euros (+2,7%)
  10. Banco BPI :509 milhões de euros (+5,2%)
  11. NOS: 438 milhões de euros (+1,4%)
  12. Mota Engil: 349 milhões de euros (+5,1%)
  13. Super Bock: 326 milhões de euros (+27,3%)
  14. Fidelidade: 322 milhões de euros (+17,1%)
  15. Sonae: 302 milhões de euros (-9,9%)
  16. The Navigator Company: 250 milhões de euros (+3,3%)
  17. Delta: 206 milhões de euros (+44,1%)
  18. CTT: 197 milhões de euros (+8,8%)
  19. TAP: 196 milhões de euros (+7,7%)
  20. CUF: 176 milhões de euros(+3,5%)
  21. Worten: 168 milhões de euros (+10,5%)
  22. novobanco: 162 milhões de euros (+30,6%)
  23. Luz Saúde: 152 milhões de euros (+5,6%)
  24. Pestana: 148 milhões de euros (+15,6%)
  25. Sagres: 144 milhões de euros (+18%)

Já entre as marcas que registam o maior crescimento de valor financeiro (acima de 25%) destacam-se:

  1. Continente (+46,7%)
  2. Delta (+44,1%)
  3. Luso (+42,1%)
  4. novobanco (+30,6%)
  5. Vista Alegre (+29,2%)
  6. Super Bock (+27,3%)
  7. Sumol (+26,3%)
  8. Compal (+25,8%)

«De uma forma geral, assistimos a uma recuperação dos valores das marcas mais expostas ao efeito da pandemia, motivados essencialmente por melhores projecções de volume de negócios, bem como melhores desempenhos que o esperado para o ano de 2021. Tendo por base o ano 2020, as 25 marcas portuguesas mais valiosas cresceram 6,6% entre 2021 e 2020 e 13,5% entre 2022 e 2020», diz, em comunicado, João Baluarte, partner da OnStrategy.



Artigos relacionados
Comentários
A carregar...