easyJet organiza festival de música em Lisboa

A easyJet vai estrear-se numa nova área que pouco ou nada está relacionada com viagens de avião. A companhia aérea low-cost está a organizar um festival de música e escolheu como palco as ruas de Lisboa. A capital portuguesa vai ser a casa do primeiro easyJet Street Music Fest, marcado para o próximo dia 17 de Setembro.

O objectivo do festival é colocar os lisboetas – e não só – “a viajar ao ritmo de algumas das principais capitais europeias”, segundo é explicado em comunicado. É por isso que os seis palcos do evento serão anfitriões de uma região diferente: o Jardim da Estrela será Paris, o Jardim da Parada será Lisboa, o Jardim das Amoreiras será os Açores, o Príncipe Real será Londres, o Miradouro de Santa Catarina será Amesterdão e o Martim Moniz será Madrid.

Em todos os palcos, as actuações estarão a cargo de músicos de rua que apresentam concertos gratuitos aos visitantes, entre as 15h e as 20h. Pedro Sousa, director de Marketing da easyJet para Portugal e Espanha, explica que «esta acção pretende dinamizar Lisboa como destino» e reafirmar o objectivo da empresa de estar cada vez mais próxima dos passageiros «ao tornar a Europa mais laranja».

Os visitantes poderão ainda ganhar uma viagem para um destino à escolha. Para isso, é necessário obter o passaporte do evento (seja através do diste do festival ou no próprio local), carimbá-lo em pelo menos um doss palcos e tirar uma fotografia criativa com o documento. A imagem deve ser partilhada nas redes sociais com a hashtag #easyjetstreetfest.

Horário previsto:

15h00 – Jardim da Estrela – Paris com os JAZZ DE POCHE

16h00 – Jardim da Parada – Lisboa com TERESA ROCHA E MELLO

17h00 – Jardim das Amoreiras – Açores com JOÃO DA ILHA

18h00 – Príncipe Real – Londres com STREET GROOVE SECTION

19h00 – Miradouro de Santa Catarina – Amesterdão com “DR. GOO’S MASJIEN”

20h00 – Martim Moniz – Madrid com MI HERMANO Y YO

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Os números não enganam. Portugal está entre os piores pagadores
Automonitor
Combustíveis: Boas notícias para os condutores a partir desta segunda-feira