Disney não consegue recuperar Star Wars

A Disney está a preparar um serviço de streaming capaz de concorrer com players já estabelecidos no mercado como Netflix e Amazon. O objectivo é disponibilizar aos espectadores todos os filmes de animação que já produziu bem como as sagas que adquiriu mais recentemente, nomeadamente Marvel e Star Wars.

Porém, a Disney parece estar a ter problemas em recuperar os direitos de Star Wars de modo a assegurar a sua transmissão exclusiva no novo serviço que está a preparar – e que poderá ser lançado já no próximo ano. Segundo a Bloomberg, a Disney contactou a Turner Broadcasting, que detém a maioria dos direitos de transmissão, de modo a negociar o fim da parceria mas viu o seu pedido negado.

Recorde-se que esta não é a única parceria a que a Disney quer pôr um ponto final, tendo já recusado a renovação do acordo com a Netflix. De acordo com o New York Times, todos os filmes lançados a partir de Março do próximo ano deixarão de ser disponibilizados na plataforma da Netflix.

O novo serviço de streaming não será o primeiro da Disney, embora seja o único a apresentar os conteúdos que o público mais associa a esta marca. Actualmente, a Disney conta já com o ESPN+ e passará a deter também, em breve, o Hulu, fruto da aquisição da 21st Century Fox.

O primeiro é dedicado ao mundo do desporto e o segundo a espectadores adultos, tendo no seu leque de produções originais títulos como “The Handmaid’s Tale”, “Castle Rock” e “The Mindy Project”. A nova aposta da Disney terá como alvo as famílias, pelo que não é expectável a presença de filmes para maiores de 18, por exemplo.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
Está grávida? Veja o que deve (e não deve) fazer se for conduzir