Continente só vende laranjas do Algarve (até Junho)

O Continente prevê adquirir cerca de 10 mil toneladas de laranja do Algarve, na sequência de uma parceria estabelecida com produtores nacionais. Até Junho, todos os supermercados Continente em Portugal (precisamente 274) terão apenas uma variedade de laranja, a do Algarve.

A origem do fruto é comprovada pelo carimbo IGP – Indicação Geográfica Protegida, designação regulamentada pela União Europeia. Este carimbo assegura que a laranja é produzida em pomares certificados e que possui características únicas associadas à região do Algarve.

Para que o carimbo IGP seja atribuído, os produtores têm de cumprir um caderno de encargos exigente: o fruto tem de ser colhido à mão e no ponto óptimo de maturação, ou seja, no momento em que a relação de açúcares/ácidos é mais adequada para o consumidor. O que chega aos supermercados é um laranja de casca fina, cor intensa e brilhante e com elevado teor de sumo.

Todas as laranjas à venda nas lojas Continente ao longo dos próximos meses serão provenientes de um total de dois mil hectares de pomares certificados, distribuídos entre Tavira e Silves e detidos por cerca de 100 produtores.

«No Clube de Produtores Continente valorizamos a autenticidade dos produtos. Através de cadeias curtas de abastecimento asseguramos a sustentabilidade ambiental e económica do país, das regiões e da agricultura nacional. Ao disponibilizarmos apenas laranjas produzidas no Algarve, estamos a fechar mais um elo da cadeia de união entre o Continente e a produção nacional», comenta Ondina Afonso, presidente do Clube de Produtores Continente.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
Está grávida? Veja o que deve (e não deve) fazer se for conduzir