Anúncio da Miu Miu banido por sexualizar criança

A Advertising Standards Authority (ASA), autoridade responsável pela regulação dos anúncios publicitários no Reino Unido, condenou um anúncio da Miu Miu a ser eliminado, banindo-o das páginas da revista Vogue, onde tinha surgido.

A ASA acusa a marca de moda de criar um anúncio em que parecem sexualizar uma criança, algo que não seria apropriado. No entanto, a modelo fotografada para a campanha tem 22 anos, instalando a polémica.

A imagem mostra uma jovem deitada numa cama e parece ter sido fotografada a partir de uma porta entreaberta, posição que, de acordo com a ASA, faz lembrar uma criança e que não pode, assim, ser tolerada.

A acção da autoridade britânica parte de uma queixa que recebeu precisamente acusando a Miu Miu de sexualizar uma criança. Algo que veio a revelar-se incorrecto.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo