Anunciantes devem preparar-se para fim do Flash

A partir de amanhã, o Google Chrome começará a bloquear todos os anúncios que utilizem Adobe Flash. Tendo em conta que, de acordo com um estudo da Sizmek, 90% dos anúncios interactivos ou animados utilizam Flash, os anunciantes podem estar em maus lençóis.

Também o Firefox da Mozilla pôs fim ao reinado do Flash, no entanto, a mudança não foi tão temida como agora já que o browser da Google é mais utilizado do que o primeiro. Depois de hoje, o Chrome permitirá que os utilizadores tenham acesso apenas a anúncios desenvolvidos a partir de HTML5.

A tecnológica explica a decisão com o facto de que os anúncios em Flash têm tendência para prejudicar o desempenho do browser fazendo, muitas vezes, com que as páginas bloqueiem e precisem de ser recarregadas. No entanto, o Flash continuará vivo no Chrome sob o fomato de vídeo, apesar de também estar nos planos da Google eliminá-lo.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo