Airbnb e COI querem os Jogos Olímpicos mais inclusivos de sempre

A Airbnb e o Comité Olímpico Internacional (COI) vão colaborar em conjunto até 2028. Entre as iniciativas abrangidas pela parceria, destaque para as Experiências Olímpicas, que permitirão a atletas olímpicos e paralímpicos obter novas fontes de rendimento. A nova categoria será lançada no início do próximo ano e contará com experiências que promovem o desporto e a actividade física – treinar com um atleta olímpico ou explorar a cidade com um desportista de prestígio serão algumas das opções.

O acordo assinado hoje abrangerá cinco edições de Jogos Olímpicos, ao longo de nove anos, e pretende criar um novo padrão de hospedagem. Segundo é explicado em comunicado, o objectivo é criar um modelo que seja benéfico tanto para as cidades que recebem o evento como para os espectadores, fãs e atletas.

A lista de iniciativas inclui medidas específicas sobre alojamento tendo em vista a redução de custos para os organizadores e entidades participantes. Isto deverá permitir um corte na necessidade de construção de novas infra-estruturas específicas para os Jogos Olímpicos, por exemplo.

O COI vai disponibilizar aos atletas que competem nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos alojamento via Airbnb no valor de, pelo menos, 28 milhões de dólares (cerca de 25 milhões de euros).

A parceria faz também com que a plataforma de arrendamento passe a integrar o programa TOP – The Olympic Performance, apoiando os objectivos de sustentabilidade definidos pelo Movimento Olímpico. O turismo sustentável – que promove o desenvolvimento económico, a inclusão social e a sustentabilidade ambiental – será a bandeira desta colaboração.

«A nossa parceria olímpica vai garantir que os Jogos 2020 sejam os mais inclusivos, acessíveis e sustentáveis realizados até hoje e vai ter um impacto positivo e duradouro, benéfico para atletas e comunidades anfitriãs», sublinha Joe Gebbia, co-fundador da Airbnb.

Enquanto a parceria estiver em vigor, a Airbnb e o COI vão trabalhar em conjunto também na elaboração de programas que proporcionem apoio a atletas refugiados.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Deloitte tem nova liderança no Marketing e Comunicação
Automonitor
Rebentou o pneu num buraco na estrada? Peça uma indemnização!