“Troika” da CGD avalia impacto das medidas de poupança

cgdArranca hoje a nova campanha da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que pretende apurar o impacto do PAP (Plano Automático de Poupança) junto das famílias portuguesas e que volta a ser protagonizada por Bruno Nogueira, Miguel Guilherme e José Pedro Gomes.

A “troika” da CGD regressa, depois do comunicado à Nação emitido em Outubro passado, para apresentar os resultados práticos da utilização dos nove produtos de poupança do banco no dia-a-dia das pessoas. “Este trio da poupança vai mostrar que poupar é possível, porque é simples e automático, não requer um grande esforço, nem sacrifícios por parte das famílias, mesmo em tempos difíceis, e que os benefícios da poupança podem resultar na concretização de objectivos ambiciosos, tal como a aprendizagem de uma nova língua: o mandarim”, anuncia o banco em comunicado.

«Queremos que as famílias percebam que não é por começarem a poupar, hoje, que vão deixar de viver, antes pelo contrário, por exemplo, quando utilizam o cartão para pagar uma despesa, estão a poupar automaticamente através do sistema de arredondamento e cashback», explica no comunicado Franscisco Viana, director de Comunicação e Marca CGD.

A campanha, que tem como assinatura “Com o PAP, a vida automaticamente continua”, foi desenvolvida mais uma vez pela agência McCann, e terá presença ao longo de três semanas em imprensa, digital, rádio, televisão, ponto de venda (como cartazes e corporate TV) e redes sociais.

Em televisão, contará com dois filmes de 30”, aos quais se juntam dois filmes de 6”. Os spots contam com produção da Stopline, realização de Leonel Vieira, direcção criativa de José Marques e locução de Isabel Abreu.

Veja aqui um dos vídeos da campanha:

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estas 85 empresas procuram mais de 2500 novos talentos
Automonitor
Já conhece o “novo ingrediente” de Gordon Ramsey?