Unilever põe fim a publicidade dirigida a crianças

A Unilever vai deixar de desenvolver conteúdos publicitários dirigidos a menores de 12 anos, em canais como televisão e rádio. Nas redes sociais, a idade mínima passa para os 13 anos, segundo adianta a gigante alimentar. Dona de marcas como Olá, Ben & Jerry’s ou Carte D’Or, quer contribuir para um estilo de vida mais saudável entre as gerações mais jovens.

A Unilever compromete-se também a deixar de recorrer a influenciadores menores de 12 anos, bem como a influenciadores que tenham como público-alvo crianças abaixo dessa idade. A multinacional vai limitar a utilização de cartoons e mascotes em acções de comunicação no ponto de venda, permitindo-o apenas caso se trate de produtos com elevados níveis nutricionais.

Também irá limitar a oferta de presentes ou brinquedos a menores de 12 anos, seguindo a mesma regra: apenas produtos que cumpram os padrões de qualidade nutricional poderão estar associados a ofertas deste tipo, além de que os artigos atribuídos terão de ter algum tipo de propósito educacional ou mensagem de saúde.

No mesmo sentido, a Unilever não permitirá comunicação das suas marcas e produtos em escolas primárias e secundárias – regra que até aqui se aplicava apenas a escolas primárias.

A Unilever sublinha que já cumpria todos estes princípios relativamente a crianças com menos de seis anos. No entanto, “investigações também estabeleceram uma relação causal entre marketing e publicidade e o comportamento de compra e consumo no curto prazo”, em crianças até aos 12 anos. Para crianças mais velhas, “esta relação é muito menos clara”.

As novas medidas deverão estar totalmente implementadas até ao final deste ano. A Olá será a marca na linha da frente deste novo capítulo, uma vez que conta no seu portefólio com um número alargado de gelados pensados para os mais novos.

Na base destas mudanças está o facto de a Organização Mundial de Saúde ter apontado a obesidade infantil como um dos principais problemas de saúde pública do século XXI. “É uma mudança pensada para ajudar os pais, cuidadores e crianças a fazer escolhas informadas sobre a comida e as bebidas que compras”, indica a Unilever. A multinacional justifica ainda a aposta com a ascensão das redes sociais e da variedade de produtos à venda.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...