Torke e Cabracega fundem-se em Torke+CC

A agência de marketing de guerrilha Torke aliou-se ao experience design studio Cabracega e, da fusão, resultou a Torke+CC. Mas como explica a nova empresa no seu site, mais importante é a “fusão de pessoas com diferentes experiências e formas de pensar, mas com um mesmo objetivo: Desenvolver ideias para dominar o mundo”.

A Torke+CC não é uma fábrica, porque as fábricas “limitam muito a criatividade”. É, antes, “uma empresa de ideias”. E tendo essas ideias a ambição de “serem relevantes globalmente”, a Torke+CC decidiu reunir uma equipa com elementos de vários países e com diversos backgrounds, da arquitectura ao design, passando pela publicidade, antropologia, psicologia, responsabilidade social e pela área de investimento. Elementos que, na empresa, respondem pelo cargo de “ideators”, continua a Torke+CC.

Da mente dos ideators saem “handcrafted ideas”. Isto porque “cada ideia é trabalhada ao detalhe”. “Somos artesãos do pensamento. Pensamos minuciosamente em cada problema e temos o cuidado de propor soluções personalizadas”, adianta a empresa. RedBull, Unilever, PepsiCo. e Citroën são alguns dos clientes com os quais a Torke+CC está já a trabalhar.

A Torke apresentou-se ao mercado em 2005 como a primeira agência de marketing de guerrilha em Portugal. A notoriedade entretanto conquistada levou-a a ser reconhecida, ainda em 2012, como agência do ano em Portugal. Ao longo de sete anos de actividade, foram mais de 25 os prémios que a agência arrecadou, entre eles um Leão, em Cannes. Em 2010 a Torke recebeu investimento do Billy the Group para lançar escritórios em Istambul, na Turquia, e em São Paulo, no Brasil.

Já o experience design studio Cabracega assinou projectos como o Lisboa Sensorial, o primeiro tour urbano às cegas, a nível internacional.O portefólio do estúdio está publicado nos cinco continentes, pela aplicação da criatividade em várias áreas.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual