Publicidade poderá ser a salvação da Netflix

Segundo a Needham, consultora dedicada a gestão de activos e investimento, o futuro da Netflix é claro: ou a plataforma de streaming de vídeo cede à publicidade ou perde milhões de utilizadores. Citada pela AdAge, a analista Laura Martin aponta para o desaparecimento de quatro milhões de subscritores só nos Estados Unidos da América.

A Needham acredita ainda que a Netflix terá de apresentar ao público um novo serviço, mais barato. Isto se quiser competir com o número crescente de rivais à espreita, incluindo Disney+ e Apple TV.

Esta nova solução seria suportada por publicidade – tal como acontece com plataformas como Spotify. Desta forma, a Netflix conseguiria manter os seus utilizadores e até ganhar novos clientes, ao mesmo tempo que adicionaria mais uma fonte de receita às contas de cada mês.

A mesma consultora sublinha que o crescimento a nível internacional – onde não existem tantas opções como nos EUA – não será suficiente para equilibrar os resultados da Netflix. Até porque os subscritores domésticos têm mostrado ser mais lucrativos.

Ainda assim, estimativas da Bloomberg MODL apontam para um total de 174,4 milhões de subscritores no quarto trimestre deste ano, o que representaria um crescimento anual de perto de 20%.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...