Publicidade impressa já pode conter vídeo

CBSLançado ontem no mercado português pela mão da Pixel, empresa portuguesa de novas soluções de media, o Video in Print promete agitar o mercado de imprensa português com a inclusão de pequenos ecrãs vídeo de 2,4” ou 4,1” em páginas de papel, que funcionam com um conjunto máximo de cinco de botões de selecção de conteúdo. Nos EUA, país onde o Video in Print, que tem capacidade para armazenar até 120 minutos de filme, foi desenvolvido pela Americhip, anunciantes como a Pepsi e a Nike já aderiram à inovação. Na Europa, Portugal é o segundo mercado, seguido da Inglaterra, onde a solução é disponibilizada.

Sem adiantar valores para a sua comercialização, Ana Santana Lopes, directora executiva da Pixel, afirma terem já sido estabelecidos contactos com os principais meios de comunicação em Portugal, perspectivando que o formato tenha a sua primeira aplicação em imprensa ainda no primeiro semestre.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão