Porque a gastronomia é História de um País

M.ª João Vieira Pinto
Directora de Redacção Marketeer

Há umas semanas voltei a um lugar, no Alentejo, onde regresso todos os anos e onde sempre fui feliz à mesa. Pelas conversas que ali aconteceram, pelos amigos que por lá passaram e, a casar com isso, pela comida que nos chegava com sabor a casa e a mar. Receitas de sempre, que se mantinham como sempre, e que invariavelmente nos levavam a pedir – mesmo que nos apetecesse mudar – os pratos de sempre. Mas este Verão não fui feliz! O que saiu da cozinha veio com laivos de modernidade – “um chef novo passou por cá e mudou receitas” – e foi tudo menos o prato por nós pedido e repetido ao longo de uma década.

No Alentejo, uma aldeia da costa vicentina, com turistas (eu sei) mas que, e também por eles, só se devia querer manter e honrar a tradição.

A gastronomia é História de um País. Faz parte da nossa cultura e do nosso passado enquanto povo. Dos momentos melhores ou dos de menor riqueza, de ensinamentos e trabalhos de gentes. De passagens de testemunho. Da nossa identidade! Não sou nada contra a nova cozinha e a reinvenção. Mas muito quando lugares que são “templos” evoluem para ser… apenas mais um, igual a tantos. Por isso não destruam, por favor, o que ainda nos diferencia e faz com que nós, e os outros, continuemos a amar este País.

Editorial publicado na revista Marketeer n.º 325 de Agosto de 2023