Novo rival da Airbnb quer distinguir-se pela ética

Fairbnb.coop indica logo através da própria designação o que pretende: com uma sonoridade que faz lembrar Airbnb, apresenta uma plataforma de arrendamento em jeito de cooperativa, onde não há espaço para imóveis detidos por empresas, por exemplo.

A Fairbnb.coop nasce do medo do turismo excessivo, segundo explica o The Guardian, e vai doar 50% da sua comissão a projectos sociais. Isto significa que quem assegurar estadia para as próximas férias através desta plataforma – cujo sistema de reservas já está operacional – estará também a contribuir para a melhoria da comunidade.

O objectivo deste novo rival da Airbnb é oferecer um marketplace autêntico, justo e assente num turismo consciente, em que ética é palavra de ordem. «Em Amesterdão, o dinheiro irá para um projecto comunitário de jardinagem no Norte e para um projecto urbano de agricultura de uma mulher migrante no Sudeste – ambas zonas mais pobres da cidade», indica Sito Veracruz, fundador da Fairbnb.coop.

Para já, a plataforma encontra-se em fase beta e conta apenas com um número reduzido de propriedades em cinco cidades: Valência, Barcelona, Amesterdão, Bolonha e Veneza. Ao longo dos próximos meses, espera chegar a novas cidades europeias.

Ao contrário do que acontece com a Airbnb que permite aos anfitriões listar múltiplas propriedades, explica a mesma publicação, a Fairbnb.coop tem uma regra de uma casa por anfitrião. Os proprietários têm de apresentar documentos que mostrem que os requisitos da plataforma são respeitados.

Quanto à possibilidade de enfrentar queixas por parte da Airbnb relativamente ao nome escolhido para o projecto, Sito Veracruz mostra-se confiante: «Está a ser tratado pelos advogados, mas estamos a reforçar o facto de que o nome é Fairbnb.coop. O nome reflecte a diferença entre nós e outras plataformas de arrendamento. Estamos registados como uma cooperativa e não somos orientados para o lucro.»

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta empresa está no top 3 das empresas mais atractivas para jovens
Automonitor
FIA escolhe Braga como palco do Hill Climb Masters 2020