Já pode levar caixas de casa para ir às compras ao Continente

Os clientes do Continente, Continente Modelo e Continente Bom Dia já podem levar as suas caixas herméticas para efectuar compras na charcutaria e take-away destes espaços.

“Traga vazia, leve cheia. Reutilize a sua embalagem’’ é o mote desta iniciativa que arrancou o ano passado em modo piloto no Continente Modelo de Vila do Conde, Continente Vasco da Gama e Continente Gaiashopping. Agora, está disponível em todas as lojas.

Desta forma, é possível evitar a utilização das habituais embalagens descartáveis para transportar comida, bem como o plástico que embrulha os produtos de charcutaria. O Continente refere que, se todos os clientes aderirem a esta iniciativa, será possível poupar 210 toneladas de plásticos todos os anos.

As caixas do cliente têm de estar limpas e secas, livres de odores, sem resíduos de utilizações anteriores e com tampa funcional. Não são aceites caixas de vidro, uma vez que o Continente considera existir potencial de quebra ou danificação da embalagem, trazendo riscos acrescidos à segurança alimentar. Os clientes podem ainda adquirir uma das três caixas herméticas disponíveis à venda na loja junto das secções de charcutaria e de take away,

Para promover a adopção a esta iniciatva, durante o mês de Junho, todos os clientes que levem as suas caixas beneficiam de 10% de desconto imediato (mediante apresentação de cartão Continente) em produtos de take away do balcão de atendimento.

«O Continente, enquanto líder no retalho em Portugal, tem implementado várias iniciativas que proporcionam aos clientes a adopção de processos de compra mais sustentáveis, usando embalagens reutilizáveis em alternativa às embalagens descartáveis. Seguindo a nossa estratégia para uma utilização mais responsável do plástico, assumimos o compromisso interno de aumentar os níveis de reutilização nas nossas lojas. Na sequência deste compromisso, propusemo-nos a ser pioneiros em todas as iniciativas de reutilização a acontecer em Portugal», explica Pedro Lago, diretor de Projectos de Sustentabilidade e Economia Circular da Sonae MC.

Desta forma, o Continente antecipa o estabelecido no Decreto-Lei n.º 102-D/2020, que obriga, a partir de 1 de Janeiro de 2022, todos os estabelecimentos comerciais a aceitar os recipientes trazidos de casa pelos clientes (e também a cobrar taxa pelas embalagens descartáveis de take away).

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...