“Freelancer do Dia CCP by Marketeer”: Paulo Calazans

É difícil sobressair por entre dezenas de currículos. A partir de certa altura, os nomes confundem-se e aquele que poderia ser o par perfeito para um projecto na calha acaba por fugir. Partindo do directório lançado pelo Clube Criativos Portugal (CCP), a Marketeer propõe conhecer melhor alguns dos talentos freelancers nas áreas da criatividade e comunicação.

Paulo Calazans (director de Arte) é o mais recente protagonista da rubrica “Freelancer do Dia CCP by Marketeer”, que apresentará, duas vezes por semana, exemplos de quem decidiu aventurar-se por conta própria.

Qual é o trabalho de que mais te orgulhas?

A campanha que fiz na agência F.biz em São Paulo para a marca de lubrificantes Mobil, em que criámos um filme para ser veiculado pela América Latina, com 12 keys visual para media impressa e toda uma estratégia para social media.

Qual é o projecto que queres fazer a seguir?

Pretendo solidificar a minha carreira em Portugal e contribuir com muita criatividade para o mercado europeu.

Porque é que te devem contratar?

O criativo ideal hoje em dia deve beber de várias fontes. Não somente em referências visuais, mas em experiências de vida. Em dez anos de trabalho pude passar por diferentes agências no Brasil, Austrália e actualmente em Portugal.

Como vês a situação actual?

Precisamos dar a volta no ”mesmismo”, trazer diferentes olhares. A hora de mudar a cara da publicidade é agora. Outros pontos de vista precisam de ser vistos pelos consumidores.

Desde quando és freelancer e porquê essa decisão?

Desde de Agosto de 2019, que foi quando cheguei a Portugal. Tomei essa decisão para poder ingressar no mercado e mostrar o meu trabalho em diferentes agências.

Quais as vantagens e desvantagens de ser freelancer?

Acredito que a vantagem é a possiblidade de conhecer diversas pessoas e diferentes abordagens criativas. A desvantagem é a falta de estabilidade.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...