Fidelidade apoia escola de programação gratuita em Lisboa

A seguradora Fidelidade associou-se ao lançamento da 42 Lisboa, uma escola de programação que aterrou recentemente em Portugal e se distingue no panorama do ensino: aqui, as inscrições são subsidiadas na íntegra pelos mecenas da escola, o que significa que os alunos não pagam para aprender.

Com este apoio, a Fidelidade pretende contribuir para o desenvolvimento de novo talento, mas também reforçar a oferta e qualidade do mercado de trabalho. «A associação da Fidelidade a este projecto reforça a visão da companhia de apostar continuamente na inovação, mas também a estratégia de captar e reter novos talentos, mais especializados, mas também mais diversos numa prática mais inclusiva e que consiga captar para a organização pessoas que tenham feito um caminho académico alternativo. Essa diversidade terá um papel muito relevante na transformação digital do grupo», sublinha em nota de imprensa Teresa Rosas, directora de Informação e Tecnologia da Fidelidade.

Fundada em Paris em 2013, a 42 conta com mais de 10 mil alunos em mais de 20 países. Nesta escola, o método de ensino promove uma aprendizagem sem o formato tradicional das aulas, sem horários e gamificada, para tornar o ensino mais atractivo e motivante.

O programa da 42 em Lisboa irá arrancar em Fevereiro de 2021, com 150 alunos. O curso será totalmente financiado por mecenas, tendo como fundadores a empresária sino-americana Ming C. Hsu, o Banco Santander e a Vanguard Properties.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...