Este corta-vento unissexo é desperdício zero e já está à venda

A Kiabi desenvolveu aquele que afirma ser o primeiro corta-vento desperdício zero. Isto significa que é criado com base num processo de confecção que não gera desperdício de tecidos – sendo que, em média, 22% do tecido necessário para criar uma peça deste tipo acaba por não ser usado na generalidade da indústria têxti.

Numa escala de produção de 100 mil peças, a Kiabi indica que este valor corresponde ao equivalente a 98 mil metros quadrados de tecido descartado, ou seja, a área de 78 piscinas olímpicas.

O novo corta-vento da Kiabi vem colocar um ponto final a este desperdício, através de uma colaboração com Mylène L’Orguilloux, co-fundadora do colectivo ZWDO. A responsável juntou-se às equipas de design da marca para desenhar um modelo unissexo reversível feito de poliéster reciclado.

O novo corta-vento já está disponível na loja online da Kiabi, em Portugal, mas a insígnia alerta que se trata de uma edição limitada. A partir de 1 de Maio, a Kiabi compromete-se a partilhar o design do modelo para que os clientes possam criar o seu próprio corta-vento.

«Desde a concepção até à reciclagem, as nossas colecções cumprem um ciclo sustentável. Não se trata apenas de oferecer produtos feitos a partir de materiais sustentáveis, mas também de reflectir sobre o impacto do design na utilização das matérias-primas e reduzir ao máximo o desperdício de tecidos», comenta Julie Silvert, líder das Colecções Kiabi.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...