Empresas portuguesas aderem à certificação do atendimento

apresentacao-lac_4Sonae Distribuição, Lanidor, Staples OfficeCenter, Biju, Clínicas Persona, Weber, Clínicas de Medicina Dentária Dentalcare e Salitur rent-a-car são as empresas portuguesas que, numa primeira fase, quiseram aderir à Certificação LAC – Loja Amiga do Ambiente. Um programa de âmbito internacional que analisa e certifica os estabelecimentos que estejam em conformidade com um conjunto de requisitos de atendimento e que respeitem a Lei de Defesa do Consumidor.

Os objectivos estão bem definidos: mobilizar o sector do comércio e serviços em torno do atendimento e respeito pelos direitos do consumidor, nomeadamente gerando uma cultura de qualidade no atendimento; padronizando os procedimentos básicos do atendimento qualificado; mostrando o interesse em trabalhar o tema qualidade e respeito pelo consumidor, evitando possíveis intervenções legais; alavancando novos negócios; e oferecendo uma importante ferramenta de gestão ao empresário que passa a ter visibilidade da real qualidade do seu atendimento e consequentemente do seu potencial de venda e fidelização.

No Brasil, o LAC arrancou no Rio de Janeiro em 2007. Segundo Alexandre Diogo, responsável pelo projecto, foi escolhido para o projecto-piloto o Shopping Leblon, um dos espaços mais emblemáticos na zona carioca. Ao final de um ano (entre outros indicadores como a baixa da taxa de reclamações) o volume de negócios do shopping tinha crescido 35%. Recorde-se que, no Brasil, o LAC já certifica grandes marcas como a operadora de telecomunicações Vivo.

O Projecto LAC é da responsabilidade do IPRC – Instituto Português de Relações com o Cliente, entidade criada para analisar, controlar e emitir os Selos LAC, com base numa parceria com o IBRC – Instituto Brasileiro de Relações com o Cliente.

O projecto foi apresentado esta semana em Lisboa.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo