Cofina chega a acordo com a Media Capital e dispara em bolsa

A dona da TVI está prestes a mudar de mãos. A Cofina chegou a acordo com a Prisa para comprar a totalidade das acções que detém na Media Capital. O negócio, que depende ainda da aprovação dos reguladores, valoriza a Media Capital em 255 milhões de euros.

Caso a aquisição avance, o financiamento será assegurado através de crédito bancário já aprovado e da realização de um aumento de capital, segundo avança a Cofina em comunicado. “Excluindo a percentagem do capital em free-float, o aumento de capital está garantido em mais de 50% pelos actuais accionistas de referência, sendo, no entanto, possível que entrem novos investidores com posições qualificadas”, adianta ainda o grupo que detém títulos como Correio da Manhã e Jornal de Negócios.

A Cofina assegura ainda que irá manter as linhas editoriais dos diferentes meios de comunicação social que detém e passará a deter, “bem como todos os profissionais que estejam dispostos a colaborar neste novo projecto”. No campo da produção, o plano passa por intensificar a criação de conteúdos de perfil exportador, “tendo em vista a transposição para a legislação nacional da designada ‘directiva Netflix’”.

O anúncio fez com que a Cofina disparasse mais de 6% na bolsa de Lisboa, na sessão desta segunda-feira, dia 23 de Setembro. Segundo o Jornal Económico, este resultado foi apenas possível devido ao levantamento da suspensão decretada pela CMVM.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Quer poupar 700€ por ano no seguro do carro? Saiba como