Arqueologia inspira vencedor do Novo Banco Revelação

Andreia Santana sagrou-se vencedora do Prémio Novo Banco Revelação 2016. A jovem lisboeta apresentou um projecto que une modos de produção e arqueologia, num trabalho que “testemunha o actual interesse dos artistas por técnicas e meios em vias de extinção”, segundo explica a organização. Andreia Santana encontrou como ponto de partida imagens recolhidas em fábricas portuguesas que se dedicam à produção de instrumentos utilizados em processos arqueológicos.

Como prémio, a jovem artista receberá uma bolsa de produção para concretizar o seu projecto. Quando estiver finalizado, será alvo de uma exposição individual a inaugurar em Novembro no Museu de Serralves, parceiro do Novo Banco neste prémio. Desde que foi  lançada, a competição já premiou 39 artistas dedicados à fotografia.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...