Yahoo ameaça processar Facebook

yahoo2A empresa de serviços de Internet Yahoo acusou o Facebook de infringir algumas das suas patentes, alegando que detém direitos sobre propriedade intelectual que é vital para o funcionamento da rede social, e ameaça tomar acção legal caso as duas companhias não cheguem a acordo.

A escassos meses da entrada do Facebook em Wall Street, no seguimento da oferta pública inicial (IPO, na sigla inglesa) avançada pela rede social, a Yahoo exige que o Facebook licencie as tecnologias que, alega, lhe pertencem. “A Yahoo tem, para com os seus investidores, colaboradores e demais stakeholders, a responsabilidade de proteger a sua propriedade intelectual”, afirmou a empresa numa nota por email, citada pelo Financial Times. “Devemos insistir para que o Facebook entre num acordo de licenciamento, caso contrário seremos obrigados a agir unilateralmente para proteger os nossos direitos”, assevera a companhia.

De acordo com o Financial Times, em causa estão entre 10 e 20 patentes que cobrem as áreas de social networking, publicidade e personalização. Em reacção, o Facebook, através do seu porta-voz Larry Yu, responde que apenas teve conhecimento das acusações da Yahoo ontem, na “mesma altura” em que a Yahoo prestou as declarações à comunicação social, nomeadamente ao jornal New York Times, pelo que “ainda não teve a oportunidade para avaliar” o caso.

Esta não é a primeira vez que a Yahoo ameça processar uma companhia do ramo da Internet que está prestes a entrar em bolsa. Em 2004, o portal de Internet interpôs uma queixa semelhante à Google, que tinha acabado de apresentar uma oferta pública inicial para dar entrada na praça bolsista nova-iorquina. A Yahoo tinha adquirido a Overture, a companhia que inventou o search advertising, e obrigou a Google a pagar pela utilização dessa tecnologia. Na altura, a Google entregou 2,7 milhões de acções, que ascenderam a 230 milhões de dólares (aproximadamente 171 milhões de euros, no câmbio actual) quando a empresa se estreou em bolsa, cerca de duas semanas depois.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)