Vendas de automóveis devem bater recorde em 2013

O sector automóvel deve ultrapassar as 64 milhões de unidades comercializadas em 2013, o que seria, pelo quarto ano consecutivo, um recorde, segundo estimativas do banco canadiano Scotia. As vendas de automóveis deverão continuar a ser impulsionadas sobretudo pelo mercado chinês.

O Scotia, banco especializado no sector automóvel, prevê uma subida das vendas mundiais em 4%, depois de um aumento médio de 7% nos três anos anteriores. “As vendas mundiais vão ser sustentadas por um forte aumento do número de empregos nos países em desenvolvimento, por taxas de juro muito baixas e pela recente aceleração da expansão monetária à escala mundial”, explica Carlos Gomes, economista do Scotia, citado pela agência AFP.

De acordo com a mesma fonte, a Ásia deverá permanecer o principal mercado mundial, com vendas previstas na ordem dos 25,7 milhões de veículos. O mercado chinês, que representa cerca de 20% das vendas mundiais, deve ter um crescimento de mais de 10% e atingir os 11,8 milhões de automóveis comercializados.

A América do Norte deve conhecer um crescimento de 4,4%, para cerca de 17,7 milhões de unidades -15 milhões das quais nos Estados Unidos da América. Já na Europa Ocidental, as vendas, que caíram em 2012 para um mínimo de 19 anos, devido à crise da dívida soberana dos países mediterrânicos, devem estagnar em 11,65 milhões de unidades, segundo as previsões do Scotia.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...