Vendas da Skechers quebram recordes

No segundo trimestre de 2015, as vendas da Skechers foram de mais de 700 milhões de dólares, o que representa um crescimento de 36,4% face ao mesmo período do último ano. O valor representa também um novo máximo para a marca norte-americana de calçado desportivo que quebra, assim, o seu recorde.

Também os lucros ultrapassaram os valores habituais, sendo que os resultados líquidos atingiram os 73 milhões de euros, mais 45 milhões de euros do que no segundo trimestre de 2014.

Ao todo, nos primeiros seis meses deste ano a Skechers apresentou vendas no valor de 1,44 mil milhões de euros. Já os lucros ascenderam aos 125 milhões de euros, em comparação a um lucro líquido de 60,5 milhões de euros no período homólogo de 2014.

É devido a estes número que Robert Greenberg, CEO da Skechers, afirma que a marca está «claramente a viver o momento mais entusiasmante dos 23 anos de história da empresa». No mesmo comunicado, acrescenta que as contratações das cantoras pop Meghan Trainor e Demi Lovato e a associação de outros nomes conhecidos como o pugilista Sugar Ray ou o músico Ringo Starr estão na base do sucesso.

«As nossas numerosas e impactantes campanhas de lifestyle, juntamente com o nosso marketing direccionado para as linhas Skechers Performance e Skechers Kids, estão a repercutir-se junto da nossa diversificada base de consumidores.»

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Bem-estar financeiro dos colaboradores.Também é uma responsabilidade das empresas?
Automonitor
Aston Martin DBX revelado antes da estreia