TAP EconomyXtra: viaje com conforto extra na classe económica

Marcada pela inovação dos serviços que oferece aos viajantes, a TAP volta a surpreender ao presentear, a partir de agora, os seus clientes com uma experiência a bordo que vai além das tradicionais classe económica e classe executiva, nos voos de médio curso.

Assim, e com o intuito de proporcionar a máxima flexibilidade de escolha e ouvindo sempre as sugestões de quem com ela viajar, a companhia aérea lança a EconomyXtra, uma nova forma de viajar em económica.

De acordo com fonte da TAP, «o objectivo do lançamento da EconomyXtra foi criar um produto com valor acrescentado para os passageiros, aumentando a flexibilidade na escolha da forma como cada um pretende viajar».

Desta forma, os clientes podem agora escolher uma de três experiências diferenciadas a bordo, de acordo com as suas preferências ou necessidades: Executiva, EconomyXtra e Economy.

Aqueles que optarem pelas tarifas Classic ou Plus e Clientes TAP Miles&Go Gold são, automaticamente, diferenciados, passando a usufruir da experiência superior oferecida pela EconomyXtra. Os que escolherem viajar com tarifas Basic ou Discount podem adquirir todos os benefícios inerentes ao produto EconomyXtra, no momento da reserva ou posteriormente.

«As tarifas mais baixas, a Discount e a Basic, dão acesso à zona das cadeiras verdes (Economy) e as restantes, como a Classic e a Plus, dão acesso automático à zona vermelha (EconomyXtra)», revela fonte da companhia, explicando que «existe a opção de compra para quem já tiver adquirido essas tarifas mais baixas e quiser passar para EconomyExtra, bastando para tal pagar mais entre 20 a 30 euros para usufruir do “upgrade” e das van-tagens da EconomyXtra».

Por quê escolher a EconomyXtra

São oito as razões apresentadas pela companhia para os viajantes optarem pela EconomyXtra. Desde o espaço extra para as pernas, até às filas dianteiras com reserva de lugar, passando pela cadeira reclinável e mais espaçosa até ao embarque prioritário. Mas também pela existência de um encosto de cabeça ajustável, da tomada eléctrica e de USB no lugar, bem como do suporte para tablet (no caso dos voos de médio curso). Não menos importante, também no médio curso, são as refeições, dependendo do horário e rota do voo. Assim, esta nova classe passa a incluir refeições quentes nos horários de almoço ou jantar, em algumas rotas, como Paris, Roma ou Frankfurt, entre outras, sendo que os passageiros podem consultar a lista completa em flytap.com.

«Ajustámos os serviços em terra e a bordo consoante cada tarifa. Todos os passageiros continuam a beneficiar do serviço de bebidas e de um snack ou de uma refeição a bordo, mas passou a ser oferecido um produto adequado à tarifa escolhida», sublinha fonte da TAP.

De referir que a companhia continua a oferecer a todos os passageiros que viajem em classe económica, no médio curso, um serviço de bebidas único, incluindo vinhos portugueses de qualidade e a garantir, de acordo com a escolha do cliente, desde um snack até uma refeição completa. Desta forma a companhia aposta numa experiência de serviço diferenciado, de acordo com a configuração da cabina e com a tarifa adquirida.

A melhor classe económica

Testemunho da evolução da qualidade da oferta dos produtos TAP Air Portugal foi a recente atribuição à empresa do prémio de Companhia Europeia com Melhor Classe Económica 2020.

O prémio, atribuído pelos leitores do “USA Today”, elegeu a empresa nacional para integrar os 10 Best 2020 a nível global da publicação norte-americana. Importa aqui recordar que as 10 companhias aéreas vencedoras na categoria Melhor Classe Económica dos 10 Best 2020 foram a American Airlines, AirAsia, Delta Air Lines, Southwest Airlines, JetBlue, TAP Air Portugal, Emirates, Singapore Airlines, Virgin Atlantic e Cathay Pacific.

«A nomeação para este prémio foi efectuada pelo painel de especialistas do “USA Today” 10 Best Readers Choice Awards e as votações foram feitas online pelos leitores», refere fonte da companhia, sendo que a página adquirida pelo jornal “USA Today”, em 2013, recebe uma média de cinco milhões de leitores por mês.

Para a TAP este prémio «é mais um reconhecimento do sucesso da grande aposta que a companhia tem feito na América do Norte, o qual faz com que seja a companhia europeia que mais rapidamente cresce nos Estados Unidos nos últimos anos».

Em comparação com 2015 a companhia quadruplicou o número de destinos que serve na América do Norte. «Em 2015 a TAP apenas voava para Newark e Miami. Oferece hoje em dia um total de oito destinos: Newark, Miami, Boston, Toronto, Nova Iorque/JFK, Chicago, San Francisco e Washington e prepara-se para abrir mais um para Montreal», refere fonte da TAP.

«Adicionalmente, foram também fortemente reforçados os voos semanais directos entre o Porto e Newark, sendo que breve-mente passará a existir uma ligação directa entre Ponta Delgada e Boston», acrescenta a mesma fonte.

De acordo com as informações disponibilizadas pela TAP, em termos de número total de voos por semana, a companhia aérea quintuplicou a sua operação para a América do Norte em apenas cinco anos. «No Verão de 2015, realizávamos 16 voos por semana. Para o Verão de 2020 vamos oferecer um total de 832 voos semanais para a América do Norte.»

No decorrer de 2019, a companhia aérea transportou, no conjunto das rotas da América do Norte, mais de um milhão de passageiros, um acréscimo de 250% desde 2015. «Este sólido crescimento da TAP é alicerçado num forte aumento e modernização da nossa frota, a única no mundo a voar, actualmente, toda a família de aviões da mais moderna geração da Airbus, os Neo.»

De acordo com dados fornecidos pela Flight Global, nos últimos cinco anos a frota da TAP já cresceu 21% mais do que qual-quer outra companhia aérea europeia, «sendo hoje uma das mais modernas do mundo, distinguindo-se ao nível do serviço a bordo e das comodidades oferecidas, como o sistema de entretenimento e a conectividade, tendo sido mesmo a primeira do mundo a disponibilizar, gratuitamente, o serviço de mensagens escritas por Wi-Fi a todos os seus passageiros, nos voos intercontinentais».

Satisfação do cliente

A nova frota da TAP permitiu duplicar o nível de satisfação dos seus clientes, o qual é medido através da ferramenta NPS (Net Promoter Score), que era inferior a 20 pontos na frota mais antiga e subiu acima dos 40 pontos com os A330neo, em classe económica.

«Os novos sistemas de entretenimento, dos mais avançados do mercado, e que oferecem uma enorme variedade de mais de 100 filmes ou 190 programas de TV por mês, visualizados em avançados ecrãs de alta definição de 12 polegadas, em classe económica, são também muito valorizados pelo cliente e contribuíram para a distinção do “USA Today” agora recebida», refere a companhia.

Também em termos ambientais, renova-da a frota da TAP, apresenta-se mais silenciosa, consumindo, em média, menos cerca de 10% de combustível do que a frota mais antiga, reduzindo também as emissões poluentes por passageiro transportado.

Este artigo faz parte do Caderno Especial “Turismo”, publicado na edição de Fevereiro (n.º 283) da Marketeer.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...