Supermercados e farmácias representam metade das compras em Portugal

Na última semana, uma em cada duas compras em Portugal teve lugar num super/hipermercado ou farmácia/parafarmácia. A conclusão é da SIBS, que analisou todas as transacções processadas entre 9 e 15 de Março e percebeu que os consumidores estão a concentrar as suas compras nestes dois espaços comerciais.

Olhando para antes do primeiro caso confirmado de infecção pelo novo coronavírus em Portugal, os super/hipermercados e as farmácias/parafarmácias respondiam apenas por 39.4% das transacções totais. De 2 a 8 de Março, este número evoluiu para 40,2%, tendo saltado para 49% na semana passada.

A SIBS aponta ainda para um abrandamento na frequência de levantamentos e compras processadas pela rede Multibanco. Entre 2 e 8 de Março, registou-se um aumento de seis pontos no número e compras realizadas via Multibanco; na semana passada, o movimento foi inverso, com uma descida de um ponto.

O valor médio das compras efectuadas regista um crescimento na última semana de 34,7 euros para 37,4 euros, revela ainda a SIBS.

Em termos de levantamentos, nota-se uma variação similar, com um crescimento de oito pontos na semana de 2 a 8 de Março e um recuo de três pontos na semana seguinte. O valor médio de levantamentos subiu dos 67,8 euros para os 74,8 euros.

A aplicação MB Way, por seu turno, parece ter ganha adeptos, verificando-se uma utilização crescente. Recorde-se que esta é uma solução quer permite que todos os pagamentos sem efectuado sem contacto com o terminal de pagamento. Nas duas últimas semanas, a utilização do MB Way em compras subiu a dois dígitos (17% de 2-8 Março e 11% de 9-15 Março).

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...