Sumol+Compal avança com despedimento colectivo

Ao todo, e para já, serão 70 os trabalhadores afectados com a decisão. Uma medida que, segundo a Sumol+Compal, resulta da actual crise económica – que se repercute numa quebra de consumo – associada ao aumento da carga fiscal. Até Setembro de 2012, a empresa sofreu uma queda de 14% nas vendas, em Portugal.

Em comunicado, a Sumol+Compal informa que vai avançar com um processo de reestruturação que implica alterações do seu modelo organizacional e “reajuste de diversos processos, o que implica a redução de cerca de 70 postos de trabalho”.

Segundo a empresa, a reestruturação será de carácter transversal, mas afectará em particular as áreas de vendas e de logística.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...