Quem lidera na emoção? Ásia-Pacífico é a região com as melhores campanhas de COVID-19

A campanha criada pela Google Japão sob o mote “Thank You” foi considerada a melhor do Mundo em termos de envolvimento emocional em tempo de COVID-19. Uma análise elaborada pela Unruly mostra que o anúncio em que a tecnológica agradece aos profissionais de saúde é três vez mais emotivo do que a média dos anúncios japoneses. Também tem a pontuação mais elevada no que diz respeito a predilecção de marca e intenção de compra.

Numa lista com 51 anúncios associados à pandemia de COVID-19, “Thank You” destacou-se significativamente. Segundo Alex Maguire, senior insight manager da Unruly, a intensidade de respostas emocionais por parte de consumidores japoneses a anúncios é, tipicamente, 50% inferior à média global. Por isso mesmo, a campanha da Google surpreendeu.

«Contudo, quando vemos o anúncio, é fácil perceber por que razão teve um desempenho tão forte. Todo o anúncio é composto por filmagens de telemóveis e de videochamadas, que criam uma aura de autenticidade e amplificam a sensação de empoderamento gerada pelo conteúdo e pela estrutura do vídeo», explica o responsável.

Citado pela WARC, Alex Maguire afirma que isto mesmo é comprovado com os resultados obtidos: 83% dos espectadores consideraram a Google uma marca empoderadora depois de verem o anúncio. Um valor 34% acima da média japonesa.

No segundo lugar da lista surge “Together, We Can”, campanha assinada pelo governo de Singapura. O top 3 é fechado por “Apart, But Never Alone” do Tourism Australia.

No geral, os anúncios com melhores resultados são aqueles que agradecem às comunidades e que focam as suas atenções nos grupos mais afectados pelo COVID-19. Por outro lado, anúncios que promovem algum tipo de interacção com a própria marca ou com os seus produtos durante a pandemia tendem a não ter um envolvimento emocional tão forte. Além disso, também registaram valores mais baixos em termos de intenção de compra.

A mesma análise mostra que seis dos anúncios relacionados com a pandemia a figurar no top 10 dos mais envolventes a nível emocional pertencem à região Ásia-Pacífico. Há também três do Reino Unido e um dos Estados Unidos da América.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...