Quanto vale a cultura e a criatividade?

ditc20082cer_en1 Este pode ser ano de crise económica, mas foi escolhido pela Comissão Europeia como Ano Europeu da Criatividade e Inovação (AECI). É também o ano em que se realiza, pela primeira vez em Portugal, um evento dedicado à Cultura e Criatividade, que integra uma Feira Internacional de Arte, Cultura e Indústrias Criativas (CONCEPTA), um Salão Internacional dos Museus e Património (TEMPUS), e um conjunto alargado de conferências onde estarão em debate questões relacionadas com a gestão pública e privada da cultura. O Fórum Cultura e Criatividade (FCC09) é o primeiro evento do calendário oficial do AECI em Portugal e conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República e da Comissão Nacional da UNESCO. Agendado para o primeiro fim-de-semana da Fevereiro em oito mil metros quadrados da Exponor, integrará uma centena e meia de expositores nas mais diversas áreas de actividade, contando com grandes instituições públicas e privadas na área da arte e cultura contemporânea, empresários em nome individual, PME, associações, câmaras municipais… «Pretende ser uma montra do sector cultural e criativo português, mostrando-se pela primeira vez como um sector para si mesmo e para a sociedade», afirma Jorge Cerveira Pinto, director-geral da INOVA – organização não governamental portuguesa criada em 2007 que visa contribuir para “a afirmação das artes, do sector cultural, das indústrias criativas e dos seus agentes, enquanto elementos fundamentais de desenvolvimento da sociedade portuguesa” – e responsável pela organização deste fórum. A iniciativa, com mais de 20 mil visitantes esperados, dos quais quatro mil profissionais, visa potenciar as relações económicas entre a cultura e os restantes sectores de actividade, bem como fomentar parcerias entre os diferentes subsectores do sector cultural e criativo.

(…)

Por Catarina Alfaia

PARA LER NA ÍNTEGRA CONSULTE A EDIÇÃO IMPRESSA

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift