Portugueses gastam mais em alimentação para cães do que para gatos

Ração seca, ração húmida e biscoitos/snacks são as categorias de alimentação para cães em que a Pedigree surge como marca preferida dos portugueses. Um estudo elaborado pela MultiDados indica ainda que ração seca é o tipo de alimentação mais utilizado (96,7%), sendo que Royal Canin, Continente e Purina surgem muito próximas da Pedigree.

Preferência do animal (33,6%), qualidade (29,6%) e preço (29,2%) são as razões mais apontadas para a escolha da marca. Quanto ao canal de compra, o offline aparece em vantagem (81,7%), com especial destaque para os super e hipermercados (44%). O online responde apenas por 18,3%, sendo que Tiendanimal, GoldPete, Auchan e Meganimal são as plataformas com mais peso.

Grande parte dos portugueses com cães gasta entre 20,01 e 40 euros todos os meses em alimentação (40,2%). Há também quem gaste até 20 euros (36,7%) e quem destine entre 40,1 e 60 euros a este produto no carrinho de compras (16,6%).

A título de curiosidade, a MultiDados indica ainda que 50,8% dos inquiridos tem apenas um cão e que 12,8% tem dois. Rafeiro (36%), Labrador (6,8%) e Pastor Alemão (5,2%) são as raças mais presentes nos lares portugueses, ao passo que Luna (3,6%), Bobby (2%) e Kika (1,3%) são os nomes mais utilizados.

Menos gastos com gatos

Quanto aos gatos, o mesmo estudo revela que 61,4% dos inquiridos tem um gato e que 27,2% tem dois. Luna também é o nome mais frequente (2,6%) ao lado de Mia (2,6%) e à frente de Faísca (2,2%) e Baltazar (2,2%). Europeu comum (27,8%), Persa (12,8%), Siamês (12,8%)e Ragdoll (9,1%) são as raças mais comuns.

No tipo de alimentação, à semelhança dos cães, a ração seca é rainha (85,6%), sendo que neste caso é a Purina a rainha. Seguem-se Advanca, Friskies e Royal Canin. Por outro lado, Pedigree é a marca preferida na categoria de Biscoitos/Snacks, DentaStix é a mais mencionada em Snacks Dentais e Continente em Leite.

Qualidade (14,4%) é a principal razão para a escolha de uma marca de alimentação. Destaque ainda para a preferência do animal (11,1%), preço (7,8%), indicação veterinária (7,8%) e características saudáveis (6,1%).

Os portugueses com gatos gastam, na sua maioria (59,9%), até 20 euros por mês em alimentação para os seus animais. Uma grande percentagem (29,6%) gasta entre 20,01 e 40 euros, ao passo que apenas 8,3% gasta mais de 40 euros.

Também no caso dos gatos, o canal offline sai vencedor, chamando a si 84,8% das compras – deste total, 79,5% corresponde a super e hipermercados. O canal online é responsável por 15,2% das vendas, sendo Zooplus, Auchan, Tiendanimal e Nutritienda as lojas preferidas.

O estudo da MultiDados tem por base um inquérito online realizado entre os dias 19 de Março e 3 de Abril a utilizadores da sua plataforma online. Os inquiridos têm mais de 18 anos, são de ambos os géneros e residentes em Portugal e Ilhas.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...