Oppo ameaça reinado dos smartphones na Europa

Oppo pode não ser um nome ainda muito sonante junto dos portugueses, mas já conquistou um lugar no top 5 dos maiores vendedores de smartphones na Europa. No primeiro trimestre do ano, a insígnia chinesa registou um crescimento anual de 94%, chegando ao quarto lugar do ranking elaborado pela Counterpoint.

A Oppo conseguiu mesmo superar a Huawei, cujas vendas recuaram 77% no período em análise. Neste momento, a Oppo tem uma quota de mercado de 6%, o que compara com os 3% registados no primeiro trimestre de 2020.

«Desde o lançamento da série Oppo Find X3, temos sido honrados pela resposta esmagadoramente positiva dos nossos clientes e comunidades, que se tem reflectido na impressionante procura dos nossos novos dispositivos. Em comparação com a série Oppo Find X2 no ano passado, as pré-vendas aumentaram em mais de 400% em termos homólogos», comenta Maggie Xue, presidente da Oppo da Europa Ocidental.

A Samsung, por seu turno, mantém o título de maior fornecedora de smartphones na Europa, com uma quota de vendas de 32% e um crescimento homólogo de 13%. Logo depois, surgem a Apple (31% de crescimento) e a Xiaomi (73% de crescimento).

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...