Oceanário lembra que o lugar do lixo é no lixo

“O que não acaba no lixo, acaba no mar” é a mensagem da mais recente campanha da Fundação Oceano Azul e do Oceanário de Lisboa, realizada em parceria com a Olá. O objectivo é mostrar como gestos aparentemente inofensivos e, muitas vezes bem longe da água, têm um impacto no mar.

Uma beata atirada para o chão, um cotonete mandado para a sanita e um papel de gelado na areia são os exemplos dados. Todos eles contribuem para a poluição dos oceanos, garante a campanha, cuja criatividade está a cargo da TorkeCC.

«É excelente co-criar campanhas com e para marcas que têm um real impacto social-ambiental, sentindo que conseguimos mostrar que podemos criar ideas to change the world», comenta Hugo Tornelo, founder/Creative Ideator da agência.

A campanha é composta por três filmes, no ar até Setembro nos três canais generalistas de televisão. Também está a ser divulgada no Facebook, YouTube e Instagram.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...