O truque para reciclar? Luís de Matos mostra que não há

Reciclar não é magia e ninguém melhor para comprovar isso mesmo do que um ilusionista. A ERP Portugal (Entidade Gestora de Resíduos) e a LG Portugal desafiaram Luís de Matos a mostrar que “Reciclar não tem truque”, incentivando os consumidores a darem o destino correcto aos equipamentos electrónicos avariados ou de que já não precisam.

Segundo a ERP Portugal, apenas 15 a 20% dos resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos (REEE) é reciclado a nível mundial. Para tentar contrariar estes números no território nacional, Luís de Matos aceitou criar um conjunto de ilusões para alertar os portugueses para a urgência de reciclar.

«Não hesitei em juntar-me a este projecto», garante Luís de Matos. «A verdade é que gosto muito de parcerias que me permitam aprender e, ao mesmo tempo, contribuir para a mudança de consciências e comportamentos», acrescenta o ilusionista em comunicado.

Desenvolvida em ambiente digital, a campanha alia truques de magia a partilha de informação útil, sempre com o Depositrão como elemento principal. A solução logística da ERP Portugal para depositar os equipamentos eléctricos e electrónicos acompanha Luís de Matos a cada passo.

A acção, com criatividade da Bar Ogilvy e produção da Jungle Corner, pode ser encontrada nas plataformas digitais e redes sociais da ERP Portugal, LG Portugal e do próprio Luís de Matos até ao final deste mês.

Rosa Monforte, directora-geral da ERP Portugal, acredita que a participação dos cidadãos no processo de reciclagem é fundamental e que a «criatividade da magia do Luís de Matos mostrará que o truque está nas mãos de todos nós: podemos dar uma segunda vida aos nossos equipamentos eléctricos e ecletrónicos».

Já Hugo Jorge, director de Marketing da LG Portugal, frisa como, enquanto fabricante do tipo de equipamentos visados na campanha, a LG considera «absolutamente crucial contribuir para um mundo e um meio ambiente melhor». A associação ao projecto surge neste âmbito e na sequência da parceria de longa data com a ERP Portugal.

«Acreditamos que as campanhas de sensibilização da população para a problemática do lixo electrónico são essenciais para que, enquanto cidadãos, possamos contribuir para a criação e manutenção de um ecossistema sustentável e ecológico», conclui Hugo Jorge.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...