O que têm o Manicómio e a Altice em comum? Responsabilidade social

Responsabilidade social é um tema que tem ganho espaço na agenda das empresas, o que se reflecte também na sua comunicação e posicionamento. No caso da Meo, a própria assinatura deixa claro o propósito da marca e aquela que é a base da sua actividade no campo da sustentabilidade e solidariedade, por exemplo.

Segundo Luisa Galindo, directora de Marketing e Comunicação das marcas do segmento de consumo da Altice Portugal, “Huminiza-te” é um apelo e um desafio, mas também uma afirmação do compromisso que a marca quer ter com as pessoas, ligando-as.

Presente na mais recente TIP Talk digital organizada pela Marketeer, a responsável conta como esta componente de responsabilidade social e das causas tem sido importante, uma vez que ajuda a marca Meo a tornar-se relevante para a sociedade. Permite criar uma consciencialização colectiva em relação a problemas que são estruturantes e importantes para toda a sociedade. «Ajuda-nos a quebrar a passividade. É um impulso para agir», explica.

António Rodrigues, responsável de Comunicação e Estratégia B2C da Altice Portugal, concorda e lembra que o caminho da Meo e da Altice Portugal neste campo é já longo, sendo que uma das parcerias mais recentes é com o Manicómio. Depois de confessar que a marca conheceu este projecto artístico através da Marketeer, o responsável explica como está a ser desenvolvida a parceria com os artistas que trabalham com o Manicómio.

«Acima de tudo, valorizamos muito aquelas pessoas que trabalham connosco diariamente. Acho que um projecto de responsabilidade social não é toque e foge, nem de perto nem de longe. É uma coisa que, para mim, é diária», acrescenta Sandro Resende, fundador do Manicómio, adiantando que fez questão de expressar essa opinião logo na primeira reunião com a Meo. A marca aceitou essa visão e decidiu embarcar numa parceria que vai além de uma só ideia ou iniciativa.

Sandro Resende sublinha ainda que é importante que as empresas não olhem para os projectos de âmbito social como uma ajuda, mas sim como um acrescento de valor à própria marca. «Se a marca não ganhar nada com isto, não faz sentido.»

Conheça melhor a parceria entre a Meo e o Manicómio e acompanhe a conversa na integra através do vídeo em baixo:

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...