O que querem os profissionais de Marketing? Seguro e flexibilidade

Seguro de saúde (78%), flexibilidade de horários (68%) e possibilidade de trabalhar a partir de casa (63%) são os benefícios mais desejados pelos profissionais de Marketing e Vendas em Portugal. De acordo com um estudo da Hays, também se torna mais fácil aceitar uma oferta de trabalho que inclua formação/certificação (61%) e automóvel para uso pessoal (49%).

Quanto às principais mais-valias, os inquiridos apontam para oferta salarial (86%), bom ambiente de trabalho (78%), plano de carreira (67%), cultura empresarial (61%) e qualidade dos projectos (47%). A Hays sublinha que a análise tem por base um número igual de profissionais do sexo masculino e feminino.

Além de indicar o que querem os profissionais de Marketing e Vendas, a Hays revela também a sua previsão para este ano: a entrada de novos players, a orientação para o consumidor e a contínua aposta na exportação ditarão as tendências de recrutamento. As empresas sentirão a necessidade de reforçar as suas estruturas comerciais, de marketing e comunicação.

«Cada vez mais, as marcas tentam ir ao encontro daquilo que o consumidor pretende, procurando diferenciar-se na sua oferta e apostando num estilo de hiperpersonalização na comunicação com o seu target. Esta preocupação implica todo um foco em identificação de tendências e em customer management, que acaba por ser reflectir nas prioridades de recrutamento», explica Solange Soares, team leader da Hays Portugal.

Account manager, Customer Marketing manager, Export manager, Key Account manager, Trade Marketing epecialist e Marketing manager serão as funções mais relevantes este ano, no sector.

Quanto ao salário, o mesmo relatório afirma que, após dois anos consecutivos de aumento na oferta salarial média, podemos estar perante uma estabilização. No entanto, se as empresas quiserem atrair os melhores talentos, terão de manter a aposta em salários e pacotes de benefícios atractivos.

34% dos profissionais foram aumentados 2019

Olhando para trás, a Hays descreve 2019 como um ano de dinamismo na contratação de perfis que conseguissem aportar valor às organizações. Director de Marketing, gestor de Comunicação Interna e Brand manager foram alguns dos cargos mais procurados.

Quanto aos mais difíceis de encontrar, destaque para perfis de Marketing assistant, Export manager, On-Trade Sales manager e Key Account manager.

A Hays revela ainda que 62% dos profissionais deste sector não negociaram pacote salarial, 47% recusaram ofertas de emprego e 34% foram aumentados. Houve ainda quem fosse promovido (9%).

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...