O impacto da recessão

Qual o impacto da recessão nas organizações? 65,5% (joint stock), 63,7% (privadas) e 61,7% (não-lucrativo) afirmam ser necessário focalizar-se em assuntos e stakeholders mais relevantes e 57,1% (joint stock), 50,6% (privadas) e 35% (não-lucrativas) reduzirem custos. Este é um dos resultados do European Communication Monitor 2009, estudo conduzido pela European Public Relations Education and Research Association (EUPRERA, sob coordenação do professor Ansgar Zerfass), European Association of Communication Directors (EACD) e Communication Director Magazine.

Do trabalho ressaltam ainda algumas tendências:
– 73% dos profissionais de comunicação são tomados de forma séria pela administração, ainda que apenas 64,4% estejam envolvidos no processo de decisão e planeamento;
– os profissionais de comunicação nos sectores privado e terceiro sector (não-lucrativo) registam um aumento de influência, registando estes últimos o maior crescimento (,4.97) na influência executiva;
– ligar a estratégia de negócio com a comunicação (47,3%) e lidar com a evolução digital e web social (45%) são as principais áreas estratégicas em evidência;
– comunicação interna e gestão da mudança + RSO e Sustentabilidade são as áreas de comunicação de maior crescimento;
– necessidade de focus nos assuntos e stakeholders mais relevantes (59,1%) e redução de custos (46,9%) para fazer face à crise;
– comunicação online (20,2%), relações media online (31,5%) e media sociais (34,6%) registam os maiores crescimentos como canais de comunicação.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista