Nova quebra no cinema em Portugal

Depois de um salto de 18,5% na receita bruta e de uma subida de 5% no número de espectadores, os números do cinema em Portugal voltam a cair. No passado mês de Novembro, verificou-se uma descida de 14% para 6,2 milhões de euros no valor somado nas bilheteiras. Já em termos de espectadores, o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) aponta para um recuo de 13,2% para pouco mais de 1,1 milhões.

Ainda assim, no acumulado do ano, os resultados são positivos em relação a 2018: a receita bruta e o número de espectadores cresceram 6,9 e 6,4%, respectivamente, para 75 milhões de euros e 14 milhões de pessoas.

A contribuir para estes números esteve “Joker”, o filme mais visto do passado mês de Novembro: levou mais de 209 mil pessoas às salas portuguesas de cinema. Logo depois aparecem “Frozen II”, “Maléfica: Mestre do Mal”, “A Família Addams” e “Exterminador Implacável”.

Apesar da quebra registada, o principal distribuidor e exibidor em Portugal apresenta resultados positivos. A Nos Lusomoundo viu a receita bruta e o número de espectadores subirem em ambas as funções.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
10 erros que pessoas de sucesso nunca cometem
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift