Mulheres de vermelho promovem Dieta Mediterrânico

No âmbito da Candidatura da Dieta Mediterrânica a Património Imaterial da UNESCO, o Movimento Mulheres de Vermelho e a Fundação Portuguesa de Cardiologia em parceria com a Embaixada de Marrocos promoveram um almoço mediterrânico com o objectivo de sensibilizar a população para a dieta mediterrânica, enquanto estilo de vida saudável.

Isto porque foi apresentada uma nova candidatura transnacional da Dieta Mediterrânica a Património Cultural Imaterial da Humanidade, a qual integra Portugal e a sua comunidade representativa Tavira. Trata-se de uma candidatura transnacional que para além de Portugal envolve outros Estados e comunidades como Chipre/Agros, Croácia/Hvar e Brac, Espanha/Soria, Grécia/Koroni, Itália/Cilento, Marrocos/Chefchaouen.

 
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...