Lord Mantraste assina nova garrafa Vitalis

A nova garrafa da Vitalis não é só uma peça de arte assinada por Lord Mantraste. É também uma homenagem ao movimento paralímpico português, que a marca de água do Super Bock Group apoia oficialmente desde 2016. Trata-se de uma edição limitada e de colecção que visa espelhar o Movimento Vitalis e a visão criativa do artista relativamente aos atletas paralímpicos.

A garrafa Vitalis x Mantraste é o resultado de uma colaboração inédita, que dá vida a apenas 20 mil exemplares. Podem ser encontradas em mais de 100 restaurantes seleccionados de Norte a Sul do País, adianta a insígnia. Quem se cruzar com uma destas garrafas é convidado a levá-la para casa no fim da refeição.

A edição especial de Vitalis 75cl conta com uma ilustração original pintada em vidro azul cobalto. Além de Lord Mantraste, a marca colaborou com a Underdogs, que assume a curadoria da peça, e com a Solid Dogma, que assina a criatividade.

«É com muito orgulho e entusiasmo que estamos a lançar esta garrafa de edição limitada. Vitalis abraça o movimento paralímpico desde 2016 e a pouco mais de seis meses para o arranque dos Jogos Paralímpicos em Tóquio, prestamos esta homenagem aos nossos atletas», sublinha Maria Estarreja, directora de Patrocínios, Águas, Sidras & Outras Categorias do Super Bock Group.

Lord Mantraste, por seu turno, conta ter ficado muito entusiasmado com o convite da Vitalis. Em comunicado, revela que foi um processo desafiador, uma vez que não é fácil trabalhar sobre vido. «Mas enquanto olhava para a garrafa e via o movimento da água através do meu reflexo, tornou-se claro para mim o que tinha de fazer», explica o artista.

«A nível fisiológico, somos 70% constituídos por água, que transporta todos os nossos sentimentos. Foi a partir deste movimento que me inspirei para criar a imagem e sugerir uma reflexão sobre nós e o próximo», adianta ainda Lord Mantraste.

Sandro D. Araújo, vice-presidente do Comité Paralímpico de Portugal, acrescenta que a garrafa Vitalis x Mantraste permitirá levar às mesas portuguesas uma peça «de singular beleza, ambientalmente sustentável e evocativa dos valores paralímpicos».

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...